Sejam Bem Vindos ao Portal

RESGATANDO NOSSA MEMÓRIA




Matérias

Tuning - A Arte de personalizar um carro


Bastante conhecida nos Estados Unidos, Europa e Japão, a prática do tuning - personalização visual e mecânica de veículos de passeio – já virou moda também no Brasil, onde um número cada vez maior de jovens está transformando seus carros em verdadeiros bólidos velozes e furiosos!

Muita gente tem falado sobre uma nova mania que está tomando conta dos aficionados brasileiros por carros, representados em sua maioria por um público bem jovem e, digamos, poder aquisitivo acima da média.

Esta nova tendência brasileira, que começou a aparecer por aqui no primeiro semestre do ano passado graças ao sucesso da fita “Velozes e Furiosos”– que teve continuidade este ano com a seqüência “+ Velozes e + Furiosos”, tem um nome: tuning.

Muitas vezes confundido com o simples embelezamento externo de um carro, na realidade o tuning está mais para alterações mecânicas, na mesma linha dos antigos venenos de motores, só que muito mais sofisticadas, do que para modificações visuais.

Para se entender melhor o que é tuning, palavra de origem inglesa que significa “sintonia fina”, é preciso mergulhar um pouco mais fundo nessa nova faceta do universo automotivo. Em resumo, tuning significa ´embelezar´ um carro por dentro e por fora, mas em níveis muito além das simples trocas de pneus e rodas, das adaptações de aerofólios e extratores, aplicações de filme nos vidros, enfim, todos os recursos de embelezamento externo, incluindo alterações, muitas vezes sofisticadas, na motorização e, conseqüentemente, no sistema de freios.

Clique aqui para ampliar!

Clique aqui para ampliar!

Clique aqui para ampliar!


'Veneno' moderno

Clique aqui para ampliar!

Na prática, o tuning é algo muito mais complexo, um tipo de ´veneno´ moderno, que se utiliza, muitas vezes, de recursos tecnológicos de última geração, uma verdadeira ´arte´ de personalização de carros.

Sucesso e mania entre motoristas jovens, não apenas o tuning, como atividade em si, tem personalidade própria, quanto a linguagem dos seus adeptos, que incorpora termos peculiares. Assim, quando alguém disser “vou ‘tunar’ meu carro”, significa que estará preparando o veículo de acordo com o seu gosto.

Popular nos Estados Unidos, o tuning já ´pegou´também no Brasil, onde existem até campeonatos ou simples encontros em que os proprietários aparecem para exibir seus carros. Descontraídos porém exigentes, os campeonatos de tuning são disputados com tal seriedade, que até uma eventual sujeira no carro pode resultar na perda de pontos. Além da aparência externa e do nível das alterações mecânicas, outro importante fator avaliado nesses campeonatos é a originalidade do veículo. Assim, se o projeto de modificações do carro for próprio, ou seja, sem ser copiado de ninguém, ele ganhará mais pontos.


Mecânica sofisticada

Se por um lado as modificações visuais que valorizam o aspecto externo do carro sejam importantes no resultado final, são mesmo os ajustes mecânicos e de motor que fazem o maior diferencial na prática do tuning.

Além dos ´venenos´ tradicionais, que resultam simplesmente num maior desempenho do motor, o tuning utiliza uma infinidade de equipamentos modernos e mais sofisticados, que proporcionam acentuado acréscimo de potência instantânea ao motor, em níveis jamais imaginados pelos playboys da velha guarda.

Entre outros recursos, os mais utilizados são as turbinas, sistemas de injeção de óxido nitroso (NO2), cabos de vela especiais e cabeçote rebaixado, além de uma infinidade de outros equipamentos, dependendo da ´saúde´ financeira do proprietário.

Clique aqui para ampliar!

Motor, freio e suspensão

Clique aqui para ampliar!

As modificações mecânicas utilizadas pelos adeptos do tuning vão além da otimização da potência do motor. Um carro bem ´tunado´ tem que ser capaz de acelerar muito e rapidamente, mas também de suportar frenagens mais exigentes.

Para garantir a segurança na hora de parar, em geral, num carro ´tunado´ o sistema de freios original é substituído, na maioria das vezes, por outros mais potentes, com discos maiores e mais ventilados, e pinças reforçadas.

A suspensão também é retrabalhada, recebendo amortecedores especiais e diminuição do feixe de molas, para o carro ficar mais rebaixado. Como a grande maioria das peças utilizadas são importadas, normalmente o custo para “tunar” um carro é bastante elevado.

Clique aqui para ampliar!

Visual extravagante

Quem tem um carro ´tunado´ geralmente gosta de aparecer. Portanto, o visual externo também é bastante valorizado, visando tornar o carro o mais ´diferente´ e exclusivo possível..

Mas além das modificações das linhas externas, na pintura o mais diferente possível e nas modificações na parte mecânica do veículo, o interior de um carro ´tunado´ também tem de ser modificado. Volantes de direção ´fora-de-série´, pedaleiras diferentes, jogos de tapetes em metal, manoplas de câmbio feitas sob encomendas e painel com quadro de instrumentos repleto de ´relógios´ e outros mostradores são os itens mais freqüentes de alterações.

Como o objetivo final do tuning é proporcionar um desempenho muito superior ao dos carros comuns, a maioria dos acessórios utilizados nesses carros têm clara inspiração nos carros de corrida. Embora aerofólios e spoilers, entre outros itens, tenham grande importância em carros de corrida, mas nem tanta em carros de rua, mesmo assim são amplamente utilizados no tuning, resultando num bom efeito estético. Rodas grandes e pneus de perfil baixo também são bem empregados, mesmo que deixem o carro mais “duro’ e a suspensão mais suscetível a danos.

Outro detalhe importante: sempre há uma preocupação especial com a sonorização. Quem pode, investe valores até mais altos na preparação e substituição dos sistemas de som, do que em outros itens. Em casos mais extremos encontra-se instalado até um monitor com DVD. Coisa de louco!

Clique aqui para ampliar!

Clique aqui para ampliar!


Portal DrFotos.com.br

WebMaster: Guilherme Miranda de Aguiar

Projetos e Coordenação: Gilson Gonçalves de Aguiar